Notícias

23/09/2016
A casa mais cara do mundo está à venda: quase R$ 1,5 bilhão
 


Construído entre 1975 e 1989 em Théoule-sur-Mer, no Sul da França, pelo arquiteto húngaro Antti Lovag, o Palais Bulles — ou Palácio das Bolhas — tornou-se um dos maiores marcos da arquitetura internacional. A inspiração do arquiteto foram as cavernas onde os homens da Pré-História moravam, mas também nas tabas redondas da França medieval. A propriedade, de 29 cômodos e seis andares, espalha-se por 1.200 metros quadrados de construção e outros 8.500 metros quadrados de terreno numa colina com vista panorâmica sobre o Mar Mediterrâneo, com a peculiaridade de não ter uma única linha reta em seu design.

A impressionante propriedade, de 10 quartos e seis andares, espalha-se por 1.200 metros quadrados (Foto: Divulgação)

Todos os cômodos são dispostos em bolhas na cor terracota e têm janelas de vidro. A casa ainda possui uma sala de recepções com capacidade para receber 350 pessoas sentadas, um auditório para  500 convidados e uma piscina cinematográfica.

Pierre Cardin comprou o palácio num leilão e o transformou numa residência de verão (Foto: Divulgação)


No início dos anos 1990, o estilista italiano radicado na França Pierre Cardin comprou o palácio num leilão e o transformou numa residência de verão. Foi Pierre que, em 1958, criou o famoso Vestido Bolha, surfando na onda do estilo espacial e futurista que marcou várias de suas coleções entre o final dos anos 1950 e toda a década de 1960. É na residência que ele expõe parte de sua impressionante coleção de móveis dos anos 1960 e 1970. Cardin, inclusive, considera o palácio extremamente sexy, porque lembra as curvas do corpo de uma mulher.

O Palais Bulles foi construído entre 1975 e 1989 em Théoule-sur-Mer, no Sul da França, pelo arquiteto húngaro Antti Lovag (Foto: Divulgação)


Ainda em atividade aos 94 anos, Pierre decidiu desfazer-se do imóvel, que, nos últimos tempos, ele alugava para particulares por cerca de R$ 3 mil por noite e por pessoa ou para empresas, caso da grife Dior, que fez seu desfile cruise em maio do ano passado na propriedade.

O preço do Palais Bulles é US$ 456 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão), o que torna a casa mais cara à venda no mercado internacional (Foto: Divulgação)


O preço do palácio é salgado, US$ 456 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão), o que torna o Palais Bulles a casa mais cara à venda no mercado internacional. Embora a propriedade tenha sido oferecida desde o ano passado, só agora o valor veio à tona. Detalhe: quem desembolsar essa fortuna não poderá alterar nada no imóvel, tombado como patrimônio histórico da França desde 1999.

 
 
Fonte: http://epoca.globo.com
Outras Notícias
02
04
Registro do primeiro imóvel tem desconto
[+] saiba mais
31
03
Imposto de renda incide na venda de imóveis antigos?
[+] saiba mais
27
04
Caixa anuncia padronização de piso em imóveis do Minha Casa Minha Vida.
[+] saiba mais
24
03
saiba quando não é preciso recolher Imposto de Renda na venda de Imóveis
[+] saiba mais
28
03
Comprador pode ser responsabilizado pela comissão do corretor
[+] saiba mais
01
04
Alta exagerada dos preços faz vendas de imóveis recuarem em SP
[+] saiba mais
21
03
Como registrar um imóvel urbano
[+] saiba mais
21
03
Antes de comprar um imóvel na planta ou um novo pronto para morar veja quais são as suas vantagens e desvantagens
[+] saiba mais
21
03
Como pagar menos IR na venda de um imóvel
[+] saiba mais
21
03
Cenário de crédito imobiliário é bom para renegociar dívida de imóvel
[+] saiba mais
 
Voltar
1